Uma revolução nos veículos certamente está próxima de acontecer: além do uso de inteligência artificial em carros autônomos, estamos vendo cada vez mais novos meios de propulsão de automóveis que não se baseiam apenas no uso de combustíveis fósseis. A mais recente novidade é o Sion, o carro elétrico que usa energia solar para se reabastecer e foi criado pela startup alemã Sono Motors.

Temos um aquecedor de assento, ar condicionado, um grande sistema de informações e entretenimento onde eu também posso conectar meu telefone interativamente

Nascida em um dos maiores polos automotivos do mundo, a Alemanha, a empresa pretendia ajudar a meta do governo de colocar 1 milhão de carros elétricos nas ruas até 2020. Dificilmente essa meta vai ser batida, mas o Sion não deixa de colaborar com o meio ambiente mesmo assim. Além de usar os raios solares para obter energia, ele consegue captar a eletricidade gerada quando suas rodas giram desengatadas (o famoso “na banguela”), armazenando para quando for necessário acelerar.

De olho no futuro

A Sono Motors existe desde 2016 e a produção em massa do Sion está prevista para a segunda metade de 2019. Cada veículo deve custar em torno de 16 mil euros, ou R$ 70 mil. Segundo a empresa, a procura já é boa, com cerca de 6,5 mil pedidos já feitos até o momento. Com autonomia de 250 km, a bateria do Sion vai ser alimentada por 330 célular de captação solar instaladas por todo o carro.

Além de andar por aí sem usar derivados de petróleo, o Sion ainda traz uma série de confortos para seu motorista e passageiros: “Temos um aquecedor de assento, ar condicionado, um grande sistema de informações e entretenimento onde eu também posso conectar meu telefone interativamente, o que significa que eu realmente tenho um veículo completo que é muito simples, sem frescuras”, disse Laurin Hahn, co-fundador e presidente-executivo da startup.

 

Noticia: https://www.tecmundo.com.br/mobilidade-urbana-smart-cities/133020-roda-carrega-carro-eletrico-usa-energia-solar-anda-troca-energia.htm